terça-feira, 31 de agosto de 2010

Como a inspeção visual pode ajudá-lo na identificação de problemas

Todos os problemas nascem pequenos mas lutam com todas as forças para se tornarem fortes, grandes, cabeludos e importantes.
O ideal é que consigamos identificá-los e dominá-los ainda no ninho e, na maioria das vezes, não precisamos mais do que uma boa e simples inspeção visual para conseguir isso!

Como fazer isso? É simples! Acostume-se a dar umas voltas aleatórias pelo armazém, olhando para as coisas em detalhe como se fosse a primeira vez. Observar é uma verdadeira arte. Eu admiro Sherlock Holmes!


Eu me lembro até hoje de minha primeira aula de laboratório na faculdade, em que meu professor colocou uma simples vela acesa sobre cada bancada e nos deu a missão de listar 100 observações diferentes sobre ela. Pensam que é fácil? Como todos são adultos, podem tentar fazer isso em casa! Depois vocês me contam.

Problemas invisíveis - ou quase

Vamos dar alguns exemplos de problemas que teimam em ser invisíveis, mas esta lista não pretende ser completa. Com certeza ao exercitar a prática da observação cada um de vocês perceberá muitos outros.

Porta-páletes e páletes

  • As longarinas estão bem encaixadas e com os pinos de segurança instalados?

  • Como está a flexão das longarinas de seus porta-páletes? Todas sob carga estão dentro do limite previsto de 1/200?

  • E os montantes? Há montantes torcidos ou amassados?

  • Olhe para as sapatas. Estão bem assentadas sobre o piso?

  • Olhe por baixo dos páletes armazenados em seus porta-páletes. Quantos páletes danificados ou inseguros você identificou? (tábuas quebradas, tocos rachados, etc...)

  • Os páletes estão bem arrumados e a carga está estável? Tem certeza que não há nenhuma carga de pálete se encostando em outra ou nos montantes da estrutura?

Operação de empilhadeiras
Saiba que se você observa empilhadeiras e outros equipamentos trafegando muito rapidamente e/ou de maneira imprudente, isso é um sinal claro de problemas na gestão do seu armazém. Uma boa operação é ritmada e não alucinada!
  • Seu pessoal segue as práticas seguras determinadas e documentadas para todas as operações dos equipamentos de movimentação?

  • Há vestígios de vazamento de óleo? Isso é sintoma de manutenção deficiente nos equipamentos;

  • Como está a pintura da sua empilhadeira? Empilhadeiras "raladas" demonstram pouco cuidado ou habilidade de seus operadores, ou baixo nível de organização nos corredores.

  • Agora dê um pulinho até a sala de baterias. Observe o estado geral de uma bateria em carregamento. Está limpa? Não apresenta marcas de vazamento ou bolhas na pintura?

  • Como está a limpeza geral da máquina? E o estado das almofadas e assentos?

  • Peça para ver o último relatório das medições de voltagem e densidade. Se você não faz isso sempre, provavelmente você irá se assustar!

Prédio

  • Como os corredores estão demarcados e sinalizados?

  • Como é o arranjo geral de seu armazém? Há cruzamentos difíceis ou sem visibilidade? Há faixas exclusivas para pedestres ou eles dividem o espaço com as empilhadeiras?

  • Como anda o piso do armazém? Há vestígios de vazamento de óleo ou líquidos?

  • Há poeira de concreto? As juntas do piso estão íntegras ou estão se quebrando? Há fissuras ou rachaduras no piso?

  • E nas paredes? Há marcas de umidade ou de escorrimento de água?

  • Você já viu um mísero pombo em seu armazém? Cara! O problema é grande. Dê um jeito já!

  • Olhe para cima num dia claro. Ops! Cuidado com os pombos! Há pontos luminosos nas telhas. Que bom que não está chovendo hein?

Housekeeping
  • Como está o grau de limpeza de seu armazém?

  • Os corredores do armazém permitem a livre passagem dos equipamentos de movimentação?

  • Se há corredores bloqueados, existem justificativas completamente sólidas do seu pessoal para esse fato?

  • Você viu restos de caixa, vazamentos de produto, ou qualquer tipo de lixo deixado junto aos produtos?

CUIDADO
Cuidado com esses sinais! Muitos desses sintomas revelam uma moral baixa, insatisfação, falta de comprometimento, que por sua vez levam a um desempenho pobre, um alto nível de danos e avarias, e de acidentes com perda de tempo.

Portanto, acostume-se a passear pelo seu armazém e observar. E para cada problema detectado, trace um plano de ação rápido com responsáveis e prazos.
Caso contrário, acenda uma vela - fora do armazém por favor!



foto 05-04-9 sob licença "Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 License" em www.freephoto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário